12 de fevereiro de 2011

Não posso

à Ana Maria



Eu não posso viver
Sem você.
Você é o caminho dos meus passos
A luz da minha vida
O sol do meu dia
E as estrelas da minha noite.

Eu não posso viver
Sem você.
Onde vou chegar?
O que vou fazer?
Onde vou morar?
O que vou esperar?
Como vou caminhar?

Eu não posso viver
Sem você.
Você é a areia do meu deserto
A flor do meu jardim
A água límpida do meu rio
As ondas do meu mar
E a canção da minha vida.

Eu não posso...
Sem você.

4 comentários:

alua.estrelas disse...

Uma verdadeira declaração de amor... Com todos os ingredientes necessários para ser mais que especial. Muito lindo o texto!

Adriana Godoy disse...

Que paixão, heim? Bonito. Bj

Sinval disse...

Mais belo que o texto é o amor que emana dele. Crie, Mauro, continue a criar, com o coração acima de tudo.

Mirze Souza disse...

Mauro!

Já pensei assim. Perdi meu tempo. Não posso é viver sem mim.

Beijos

Mirze